DNIT entope igarapé no quilombo Picos, em Itapecuru-Mirim

As obras de duplicação da BR 135 mal começaram em Itapecuru-Mirim e já causaram estragos profundos. O DNIT escavou e mudou o curso de um igarapé no quilombo Picos, no Território Quilombola Santa Rosa dos Pretos. O resultado foi o entupimento do curso d’água, a inundação de parte do quilombo no período de chuvas e o prejuízo às famílias quilombolas que por diversas vezes ficaram ilhadas. Moradoras e moradores de Picos tiveram que improvisar a construção de uma ponte feita com estacas para superar as dificuldades de travessia e circulação dentro do quilombo causadas pelo DNIT.

Fundamental dizer que a autarquia federal não tinha autorização para iniciar nenhuma obra em qualquer território quilombola, nem para realizar supressão de vegetação e tão pouco realizar obras hídricas em cursos d’água naturais, segundo as condicionantes das licenças de instalação concedidas pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente do Maranhão (SEMA-MA). O DNIT violou as três condicionantes.

igarape 1igarape 2igarape 4igarape 3

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s